Empresas, Profissionais, Empreendedores e Artistas são homenageados no II Prêmio Empregueafro de Valorização da Diversidade Étnico-racial 2016

Microsoft, Coca-Cola e Magazine Luiza, entre outros, estiveram entre as categorias premiadas, homenagens especiais e menções honrosas

                                                         Troféu  Empregueafro 2016
Em uma noite de celebração e reconhecimento foi realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, na última sexta-feira (02), a entrega do II Prêmio Empregueafro de Valorização da Diversidade Étnico-racial 2016 promovido pela empresa Empregueafro, de consultoria em Recursos Humanos e Diversidade étnico-racial.
O evento teve como mestres de cerimônia a atriz Ângela Peres, doutoranda em Antropologia pela UFRJ e o jornalista Wagner Prado, diplomado e pós-graduado em marketing esportivo. Após a execução do hino nacional houve um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do voo em que estava o time Chapecoense.

Luiz de Jesus, um dos idealizadores do evento, fez a abertura oficial do Prêmio. “Este ato é um reconhecimento público da contribuição de pessoas e organizações que trabalham com a temática da diversidade étnico-racial decorrente de engajamento pessoal como protagonistas na promoção da diversidade trazendo forte influência à sociedade e a comunidade através de exemplos. Muito obrigado a todos os convidados, indicados e empresas que estão aqui neste momento contribuindo para a disseminação da cultura de diversidade e inclusão no nosso país”.

Luiza Helena Trajano do Magazine Luiza posa com o troféu do Prêmio Empregueafro 2016
Luiza Helena Trajano, empresária, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, foi a grande homenageada com o prêmio Empregueafro Fazendo Acontecer 2016, por se destacar nas ações afirmativas. Luiza está mostrando o quanto a iniciativa privada pode colaborar para um futuro mais igualitário e justo. Ela tem se dedicado ao empoderamento das mulheres com a condução do grupo Mulheres do Brasil e, atualmente, com o apoio incondicional ao Comitê da Igualdade Racial do grupo Mulheres do Brasil tem influenciado diretamente pessoas e empresas em promover e valorizar a diversidade étnico-racial com a contratação de mais negros nas empresas. O Magazine Luiza tem 786 lojas e se posiciona como uma das líderes do varejo no Brasil, desde a sua fundação há 59 anos.
Na categoria “Apoiador de destaque com foco na conscientização étnico-racial 2016” foi premiado Theo van der Loo, da Bayer do Brasil. O CEO é reconhecido nacionalmente como um dos empresários mais ativos e importantes na implantação e políticas de diversidade e inclusão nas empresas, além de participações efetivas em fóruns para disseminação da importância das atividades étnico-racial.

AfroGooglers, Black at Microsoft e GARU (Carrefour) concorreram na categoria Grupos de Funcionários para a Diversidade Corporativa 2016. A AfroGooglers foi a vencedora e representado por Christiane Silva Pinto. Há 2 anos como líder do AfroGooglers, comitê de conscientização e celebração da causa racial do Google Brasil, Christiane vem desempenhando um papel chave na formação de um ambiente de trabalho mais diverso e inclusivo.

Black at Microsoft, representado por Jane Graziele e GARU (Carrefour), representado por Jorge Simonetti, receberam a menção honrosa.

Concorreram ao prêmio Empresa de Destaque Pró Igualdade Racial 2016: Coca Cola, Microsoft e White Martins. A vencedora foi Microsoft do Brasil, representada pelo vice-presidente Rodney Williams.

Rodney Willians, VP da Microsoft Brasil
A Microsoft vem desenvolvendo políticas fortes e globais para atração e retenção dos talentos de profissionais negros, oferecendo ferramentas de apoio e suporte a comunidade negra.  A Coca-Cola representada por Alessandra Nogueira e White Martins representada por Carolina Werneck receberam a menção honrosa.

Complementando o reconhecimento da categoria anterior, a Melhor Iniciativa Corporativa para Promoção da Igualdade Racial, foi dada a Serasa representado por Andrea Regina. A Ecorodovias representada por Guilherme Braga; a Monsanto representada por Aline Cintra e a PWC representada por Ane Malvestio receberam a menção honrosa pelo trabalho desenvolvido.

O terceiro setor não foi esquecido pelos organizadores que criaram a categoria Atividade do Terceiro Setor de Destaque 2016, e teve concorrentes como Instituto Avon, Instituto Carrefour e InfoPreta.
O ganhador foi o Instituto Avon representado por Mafoana Odara, que atua no enfrentamento à violência contra a mulher e se tornou uma profissional de destaque, com um olhar apurado em relação ao combate da violência contra a mulher negra e sua condição de vulnerabilidade.
Os finalistas Instituto Carrefour representado por Maricélia Soares e InfoPreta representada por Buh D’ Angelo receberam menção honrosa.

A Empresa do ano em ações de Pro Igualdade racial 2016 foi a Avon pelas campanhas de marketing:  O que te define, Beleza que faz sentido, Dona da sua Beleza, que vem desempenhando um papel social de conscientização da autoestima dos negros no Brasil, independentemente de seu gênero, raça ou orientação sexual e, além disso, adotou programas para inclusão dos negros em seu quadro de profissionais, desenvolvendo ações afirmativas e inclusivas em seu processo seletivo.  A empresa foi representada pelo diretor de comunicação, Hélio Muniz e Isabela Sanches do RH.

Rachel Maia, CEO da Pandora
Rachel Maia atualmente a única mulher negra no Brasil, CEO de uma empresa, a Pandora, formada em Ciências Contábeis, pós-graduada na USP e com cursos em Vancouver, Canadá e Harvard nos Estados Unidos, foi a vencedora na categoria Profissional Negra de destaque 2016. Maia que fez um dos discursos mais emocionantes do prêmio, hoje é referência para as mulheres negras atuantes no mercado de trabalho, como uma das mulheres mais importantes do país.

Também concorreram Luanna Teófilo, Marta Celestino, Mayra Castro, que receberam menção honrosa pelo seus trabalhos.

O vereador Nabil Georges Bonduki, recebeu o Prêmio Empregueafro 2016, “Pessoa” por suas ações de diversidade e inclusão em empresas e comunidades.

Nadil Bonduki é urbanista, professor universitário, pesquisador e consultor em políticas públicas urbanas. Exerce, no momento, mandato de vereador na Câmara Municipal de São Paulo.

Na categoria Melhor atividade pública de conscientização racial 2016, a ganhadora foi Luana Génot, que é a idealizadora e diretora do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) e da campanha “Sim à Igualdade Racial”.

Também receberam menções honrosas: Estaremos lá - Samantha, Stella, Carol e Beatrice, Negras Empoderadas - Eliane Dias e Rede de Profissionais Negros – Lisiane Lemos, Vinicius Rosa e Wagner Cerqueira.

Como Empreendedor de Destaque para a Igualdade Racial 2016 venceu Edna Andrade do Quilombo Abelha, líder da Comunidade Quilombola Abelha do município de Carnaíba, interior de Pernambuco. Ela Implementou o projeto “Semiá” com apoio da Tearfund e Instituto Federal de Pernambuco, junto ao Grupo de Mulheres de Abelha, desenvolvendo um sistema de Economia Solidária com a criação da “Padaria Comunitária das Mulheres Quilombolas de Brejo de Dentro e Abelha”, fabricando pães e derivados da macaxeira, para atender as comunidades vizinhas, a feira agroecológica de Carnaíba e programas governamentais.

A menção honrosa foi para Mari Medeiros do CEU Caminho do Mar; Zica Assis da Beleza Natural e Sérgio All da iBeats Comunicação.

Anderson John, ficou com o prêmio Profissional Negro de destaque 2016. John desenvolvendo um excelente trabalho como difusor da história e da cultura negra, em prol de uma formação para a cidadania responsável e para construção de uma sociedade justa, de igualdade de direitos e democrática. Antônio Carlos dos Santos (Basf), Claudionor Alves (Serasa) e Maurício Rodrigues (Monsanto) receberam a menção honrosa.

A última categoria da noite foi Personalidade EmpregueAfro 2016, onde concorreram Adriana Barbosa (Feira Preta e Black Codes), Ana Miranda (Malhação), Erico Braz e Kenia Maria (Tá bom pra você?), Joyce Ribeiro (Livro Chica da Silva – Romance de uma vida), Lázaro Ramos e Taís Araújo (O Topo da montanha) e Maria Julia Coutinho (TV Globo).
Kênia Dias, idealizadora do canal “Tá bom pra você” no Youtube
Erico Braz e Kenia Maria ganharam o prêmio pela criação da Websérie pelo trabalho desenvolvido com pioneirismo, inovação e bom humor, em que discutem a presença do negro na publicidade e contribuem para a discussão da representatividade da grande parte da população brasileira.

A Empregueafro de olho na nova geração, premiou na categoria  Projetando o Futuro Empregueafro 2016, dois jovens que a cada dia vem se expressando de várias formas, seja na música ou pelas redes sociais contribuindo de forma direta ou indireta com uma sociedade mais justa: Mc Soffia venceu por cantar o empoderamento de meninas negras e PH Côrtes, por seu canal no YouTube onde fala de “Heróis Negros” e “Rainhas Africanas”.
McSoffia e PH Côrtes
 categoria Projetando o futuro Empregueafro

 
Patricia Santos de Jesus sócia da Empregueafro
Antes do encerramento, Patrícia Santos de Jesus, sócia da Empregueafro, disse que o evento foi “um marco no reconhecimento da diversidade étnico-racial do país... as experiências divididas no palco do prêmio reforçam a importância de proporcionarmos oportunidades iguais!”

O Prêmio Empregueafro 2016 encerrou a noite homenageando o centenário do Samba e o Dia do Samba com a cantora Andreia Oliveira, acompanhada pelo banda Yadah Shabach, durante coquetel oferecido aos presentes.
Fotos:Rozangela Freitas
Cobertura: RC10 Comunicação Promoção e Produções Culturais
(11) 97728-0581
AdicionaAline Damásio, assessora
e representante do vereador Nabil Bonduki
Anderson John,
diretor do Centro Cultural Jabaquara

Christiane Silva Pinto
líder do Afrogooglers
Ângela Peres, Luiz de Jesus, McSoffia, Patrícia Santos de Jesus e Wagner Prado
Edna Andrade, líder quilombola da cidade de PajeúPE
Luana Genót, idealizadora do Selo Sim à Igualdade Racial
Luiz de Jesus, Luiza Helena Trajano, Magazine Luiza e Patrícia Santos de Jesus, sócia da Empregueafro
Luiz de Jesus, Eliane Dias e Rodney Willians, VP da Microsoft

Luanna Teófilo, Marta Celestino, Rachel Maia e Mayra Castro
categoria profissionais negras de destaque em 2016

Hélio Muniz, diretor de comunicação da Avon e Isabela Sanches,
 gerente de RH também da Avon

Sérgio All e Mari Medeiros –
categoria empreendedores de destaque à causa étnico-racial

Guilherme Braga da Ecorodovias e
Andréa Regina da Serasa
Coletivo Espelho, Espelho Meu recebe o Prêmio Empregueafro 2016

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Programação completa da Semana Cultural Festa Baile do Carmo 2017

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre que ele é príncipe

Espetáculo A SOGRA QUE PEDI A DEUS