Garotas libertadas pelo Boko Haram chegam à capital da Nigéria

Segundo o grupo, 82 jovens foram libertadas. Mais de 200 garotas foram sequestradas em abril de 2014 em escola de Chibok.

Por Reuters
07/05/2017

Imagem cedida pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha neste domingo (7) mostra algumas das jovens libertadas na base militar do estado de Borno, na Nigéria (Foto: Cruz Vermelha/ AFP)

Um grupo de garotas libertadas pelos jihadistas do Boko Haram, que as sequestraram em 2014 no Norte da cidade nigeriana de Chibok, chegou neste domingo (7) à capital Abuja, segundo uma testemunha da Reuters.

As garotas chegaram ao aeroporto de Abuja e foram levadas em um comboio militar.
A Nigéria disse neste domingo que assegurou a libertação de 82 garotas em troca de prisioneiros do Boko Haram.

Cerca de 270 meninas foram sequestradas em abril de 2014 pelo grupo militante islâmico, que já matou 15 mil pessoas e obrigou aos deslocamento de mais de 2 milhões, ao longo de uma revolta de sete anos que tem como objetivo criar um califado islâmico no nordeste da Nigéria.

Dezenas das garotas escaparam em uma briga inicial, mas mais de 200 permaneceram desaparecidas por mais de dois anos.

A Nigéria agradeceu à Suíça e ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha por ajudar a garantir a libertação em segurança das 82 meninas após "longas negociações", disse a presidência do país em um comunicado.

O presidente Muhammadu Buhari vai receber as meninas neste domingo à tarde em Abuja. O comunicado do país não disse quantos suspeitos do Boko Haram foram trocados pelas garotas e nem deu mais detalhes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Programação completa da Semana Cultural Festa Baile do Carmo 2017

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre que ele é príncipe

Espetáculo A SOGRA QUE PEDI A DEUS