Postagens

Mostrando postagens de Setembro 29, 2017

Dia das Portas Abertas do Goethe-Institut São Paulo

Imagem
Está chegando mais um Dia das Portas Abertas no Goethe-Institut São Paulo! Quem quer conhecer o Instituto poderá participar de várias atividades, como aulas experimentais de alemão, palestras sobre estudos na Alemanha, karaokê com músicas alemãs e sorteios. Além disso, o público pode provar comidas e bebidas típicas do país, como bretzel, currywurst, salsichas diversas e cervejas do país.

Entre as atrações do dia, o Instituto oferece a palestra “Estudar na Alemanha”, a ser ministrada pelo DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico), e as aulas experimentais de alemão com professores do Goethe-Institut. Além disso, para que o público saiba mais sobre as diferenças e semelhanças culturais entre alemães e brasileiros, será ministrada a palestra “Comunicação Intercultural entre Alemães e Brasileiros”, em que pessoas das duas nacionalidades poderão saber mais sobre as formas de se comunicar das respectivas culturas.

Os jogos digitais são um dos pontos altos da festa, que vai contar com…

A neta negra de um líder nazista: Luto contra um segredo tóxico

Imagem
Jennifer Teege relata como descobriu sua relação com o comandante de 'A Lista de Schindler'
Elsa Fernández-Santos
Fonte: EL PAÍS
   Jennifer Teege, no Instituto Goethe de Madri.ÁLVARO GARCÍA
Qualquer árvore genealógica pode proporcionJennifer Teege, no Instituto Goethe de Madri.ÁLVARO GARCÍAar surpresas desagradáveis. No caso de Jennifer Teege (Munique, 1970) a surpresa, descoberta por acaso em 2008 numa biblioteca pública de Hamburgo, se transformou em um duro trauma. Seu avô, aquele que não teria tolerado sua pele negra, era Amon Göth, o comandante nazista do campo de concentração de Plaszow, em Cracóvia, conhecido graças ao filme A Lista de Schindler, de Steven Spielberg, em que esse personagem era vivido por Ralph Fiennes. Göth é lembrado também por costumes sádicos, como atirar de sua sacada nos prisioneiros do campo e chicotear suas faxineiras judias.

A história é contada no livro "Amon: Meu Avô Teria Me Executado", lançado no Brasil em 2013 pela editora Agir. &…

Jurista aponta violação do ECA em ensino confessional nas escolas

Imagem
Fonte: A TARDE
Notícias  Bahia
Sex , 29/09/2017 às 08:41 | Atualizado em: 29/09/2017 às 08:44
Yuri Silva
Foto Divulgação
       Hédio Silva Júnior é considerado o principal especialista sobre liberdade religiosa
Autor de uma tese de doutorado sobre liberdade de crença e ensino religioso, o doutor em direito constitucional e ex-secretário de Justiça de São Paulo, Hédio Silva Júnior, prevê uma série de ações judiciais de pais e mães de alunos, a fim de impedir que seus filhos participem das aulas religiosas confessionais.
>> Religiosos desaprovam ensino confessional nas escolas;
Apesar do ensino religioso ter sido declarado opcional, o advogado acredita que “na prática o aluno fica constrangido em sair da sala após o início da aula”. Por isso, ele acredita que a Justiça será procurada por quem desaprova a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Considerado o mais especialista do país na área, o jurista defende que a decisão tomada pela corte máxima da Justiça brasileira “confund…