Postagens

Mostrando postagens de Novembro 2, 2017

50 anos de MADE IN BRAZIL no Centro Cultural São Paulo

Imagem
O Dia CHEGOU!!! Sempre sonhei que um dia pudesse ter uma exposição da minha banda a Made in Brazil, São 50 anos (ininterruptos) e com certeza , somos uma das poucas no "MUNDO E NO UNIVERSO" que nunca pararam, nem pra tomar um "cafezinho"! São mais de 200 formações oficiais, são 126 músicos, que passaram pela banda, e deixaram seu DNA, e seu suor em horas, dias, meses e anos, de dedicação e de amor ao MADE e ao ROCK. Mais de uma centena de músicos e cantores talentosos, que tive o privilegio de conhecer, tocar , trabalhar e conviver.

Eu e meu irmão Celso, nos sentimos abençoados e felizes, por tem esses parceiros por anos e décadas viajando com agente! Lançamos 15 discos, 02 DVDs e fizemos centenas de shows pelo Brasil (numa avaliação modesta) . Registramos o nosso nome na historia do Rock e da musica no Brasil . Por isso TUDO , estamos felizes D+! O Centro Cultural SP, vai nos homenagear, com uma Exposição dos 50 anos , que vai começar no dia 31 de outro, na terça…

RIHANNA DIVIDE OPINIÕES APÓS POSAR PARA A VOGUE ARABIA

Imagem
Fonte: Vogue
1 NOV 2017 20:01
                  A artista é a protagonista da mais recente edição de novembro da publicação.
Rihanna foi convidada para posar para a Vogue Arabia, sendo a protagonista da edição de novembro da revista. Na capa da publicação, a artista surge caracterizada como a rainha egípcia Nefertiti.

No entanto, o resultado da sessão fotográfica tem dividido as opiniões, que foi elogiada pelos fãs mas também criticada por alguns seguidores, que não hesitaram em acusar a revista de apropriação cultural.

Segundo o La Vanguardia, o editor-chefe da Vogue Arabia, Manuel Arnaut, explicou que esta edição da revista é dedicada “às mulheres fortes e dinâmicas que estão a mudar mundo”. “A Rihanna, a nossa estrela da capa, é uma delas. Não é só um dos ícones pop mais bem sucedidos da história, dando forma à indústria do entretenimento com as suas letras poderosas e estilo único, como também defende a diversidade”, acrescentou.

Arnaut destaca ainda o facto do nome da artista sig…

Brasileira vence concurso de doutorados contados em videoclipes da revista Science

Imagem
Rafael Barifouse
Da BBC Brasil em São Paulo
1 novembro 2017
    Tese da pesquisadora trata de método de detecção de DNA em cenas de crimes | Foto: Reprodução
A pernambucana Natália Oliveira foi uma das vencedoras de um concurso da revista Science, uma das mais importantes publicações da área do mundo, que pediu a cientistas que explicassem suas teses de doutorado em videoclipes dançantes.

A brasileira ganhou na categoria Química e foi eleita a "escolha do público". Seu vídeo foi de longe o mais visto dentre os 12 finalistas da competição, com 78% de todas as visualizações.

"É uma honra. Consegui mostrar que o Brasil consegue se destacar internacionalmente na arte e na ciência, e é mais especial ainda por ter o nome da instituição que me acolheu representado em um concurso da Science", diz à BBC Brasil a pesquisadora de 28 anos, doutora em Biologia Aplicada à Saúde pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde agora cursa um pós-doutorado.
Nancy Scherich, da …

Jornalista e radialista conta sobre sua transição para o audiovisual.

Imagem
Curta João ou Maria?, que trata dos direitos LGBT e está concorrendo ao Prêmio Internacional de Cinema da América Latina,
No Super 8, o apresentador Gilles Sonsino e a equipe do programa conversaram com a jornalista Mari Angela Magalhães.      Foto reprodução do Facebook
A profissional da comunicação iniciou sua carreira em emissoras de rádio e, há 10 anos, trabalha com produção audiovisual. Entre suas obras estão o curta João ou Maria?, que trata dos direitos LGBT e está concorrendo ao Prêmio Internacional de Cinema da América Latina, as séries Eles Decidem, da Globo, e Violência de Gênero, do Futura. Além disso, ela é educadora de audiovisual da Associação Novolhar, local em que trabalha com jovens de baixa renda.

Na entrevista, Mari Angela abordou diversos assuntos acerca de seu ofício, entre eles, como foi sua entrada no mundo audiovisual, a liberdade de criação no cinema, questões envolvendo as mulheres no nicho – como a superioridade do salário dos homens e seu projeto de realiz…