Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 29, 2017

Eleito na Libéria, Weah é simbolo de uma transformação no futebol

Imagem
Da FOLHA
Por PAULO VINICIUS COELHO

Como jogador de futebol, o liberiano George Weah dividiu duas épocas.

Antes dele, apenas os jogadores nascidos na Europa podiam receber o mais prestigioso prêmio do futebol internacional.

A Bola de Ouro oferecida pela revista “France Football” passou a ser entregue também a jogadores de outros continentes, que jogassem em clubes europeus, a partir de 1995. Weah foi o primeiro ganhador nesse novo formato.

Também é, até hoje, o único africano premiado como melhor jogador de futebol do planeta pela Fifa.

Como esportista, George Weah foi o símbolo de uma transformação. Em 1996, o jogador belga Jean-Marc Bosman ganhou ação e deu a todos os jogadores com passaporte europeu o direito de trabalhar sem fronteiras, como em qualquer outra profissão.

Antes da quebra dos limites, Weah ajudou a democratizar o prêmio de melhor do mundo. Sua missão, agora, será transformar um país castigado pela pobreza.

Weah saiu da Libéria em 1987. Trocou o Invincible Eleven de M…

Mulher negra é resgatada depois de 40 anos de escravidão

Imagem
O horror desta notícia mostra a realidade do Brasil profundo, a reforma trabalhista de Temer que autoriza "pagamento em víveres" pode generalizar esta barbárie.
Fonte: Esquerda Diário
César E. Mandelli
segunda-feira 25 de dezembro|

As leis escravocratas de Temer & "Cia ilimitada" para acabar com os trabalhadores, principalmente trabalhadores negros, negras, pobres brancos e contra as mulheres aumentarão o que já está em prática. Por cerca de 40 anos uma mulher na cidade de Elísio Medrado, a cerca de 150 km de Salvador na Bahia, foi mantida em cativeiro, foi libertada recentemente após passar 4 décadas sem receber salários, sem folgas, nem férias.

Esta escandalosa e raivosa situação foi divulgada no dia 22/12 pela Superintendência Regional do Trabalho da Bahia que além de confirmar que a mulher "recebia" somente comida, roupas usadas e remédios, além de deixar o local somente para resolver questões pessoais da "sua senhoria" e de trabalho, c…