Segue a nota oficial do Sesi Volta Redonda sobre o ocorrido com o livro da escritora Kiusam de Oliveira


                      Abaixo, segue a nota oficial do Sesi Volta Redonda sobre o ocorrido.

O Sesi Rio informa que jamais foi cogitada a exclusão da obra “Omo-oba - Histórias de Princesas”, da autora Kiusam de Oliveira, como livro paradidático na escola de Volta Redonda.

 O livro continua sendo adotado não só em Volta Redonda, mas em todas as 14 Escolas Sesi do Estado do Rio de Janeiro, na disciplina de História.  Outras 50 obras com a mesma temática são também utilizadas em nossa rede de ensino.

O que foi comunicado no dia 15/3 foi a adoção de um livro opcional para alunos cujos pais fizeram questionamentos. A instituição já reconheceu de público, em 19/3, que ocorreu um erro no tratamento do assunto e informou que não mais será adotado um livro adicional.

No mesmo dia 19/3 a Escola SESI de Volta Redonda realizou reunião com pais de alunos, para esclarecer o assunto. A autora também recebeu contato telefônico, com o mesmo objetivo.

 Além de cumprir a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e suas complementações, que tornou obrigatório o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena, o Sesi Rio está empenhado e comprometido com a questão da diversidade cultural.


Atenciosamente,
Assessoria de Imprensa – Sul Fluminense

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A atriz Walkiria Ribeiro será homenageada no grande Baile de gala 2018 na cidade de Araraquara

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre que ele é príncipe

Espetáculo A SOGRA QUE PEDI A DEUS